segunda-feira, 7 de junho de 2010

Percurso Pedestre CMG - Vila Soeiro

Depois de um mês de muito trabalho e viagens de Norte a Sul do país (a Transportugal, um passeio da Saddle Skedaddle e a Travessia de Portugal), finalmente um dia livre para passear!

O que pensei que seria um agradável passeio pelo campo, nas margens do rio Mondego, tornou-se uma grande aventura.



Fui fazer um percurso pedestre que foi marcado pelo Clube de Montanhismo da Guarda, nas freguesias de Vila Soeiro, Videmonte e Trinta.


O percurso não é muito dificil, apesar de ter desniveis de mais de 500 metros, mas a chuva do Inverno e o calor das ultimas semanas provocaram uma explosão de verde! Em quase toda a extensão do percurso a vegetação tapou o caminho, dificultando a progressão e obrigando a ter muita atenção onde se coloca os pés!



De manhã o tempo estava fresco, com o sol tapado por nuvens e nevoeiro. Apesar disso, deu para transpirar bem na subida desde Vila Soeiro até ao Marco Geodósico do Cabeço do Meio, dos 615 até aos 1080 metros de altitude.


Depois o percurso ficou mais fácil, com alguns metros percorridos no planalto. O Sol também apareceu em força, permitindo ver toda a beleza das paisagens.

Mas as facilidades não duraram muito. Pouco a pouco, a descida para o rio Mondego foi ficando mais inclinada e a vegetação mais densa. Ao fundo ainda se via a aldeia de Trinta, que acabou por desaparecer mais para o fundo do vale.


Após a passagem do rio Mondego numa ponte onde era aconselhável passar uma pessoa de cada vez (abana mas não cai!), seguimos por um estradão, que apesar de subir bastante, soube muito bem por permitir andar mais depressa.

A subida não durou muito, mas o bom piso também não. Até ao fim já não havia grandes inclinações, mas a proximidade do rio e o facto da encosta ser mais exposta ao Sol criaram uma barreira verde ainda mais intransponível!

Passámos por cima da da Quinta do Dionisio, onde existe um teatro de bolso, que iria receber um espectáculo à tarde do OVNI.


Já perto do fim entrámos na levada da barragem do Pateiro, uma das mais antigas de Portugal.



Em resumo, é um percurso muito bonito, que está a precisar de ser mais utilizado para que a vegetação não leve a melhor!

Mais fotos em: http://picasaweb.google.com/ruimssousa/PedestreCMGVilaSoeiro#

1 comentário: